quarta-feira, 8 de abril de 2015

Dia Internacional dos Ciganos

O dia 8 de abril marca a reflexão sobre a rejeição e perseguição entre povos. Infelizmente, no nosso planeta ainda existem muitas lutas entre povos querendo dominar uns aos outros. Seja de uma forma mais radical e bélica ou travestida em atitudes político-legais. A massa, ou seja, o povo, de uma maneira geral, fica à mercê dos grandes eixos de poder, sendo que as partes mais vulneráveis nessa disputa são as mulheres, as crianças e os idosos.

Os ciganos são um povo de uma cultura belíssima, a qual merece respeito. Historicamente, não são dados à guerra e têm em si uma natureza pacífica. Atualmente, as comunidades ciganas vivem de forma deplorável e à margem da sociedade. Ainda assim, têm mantido sua rica cultura que inclui valores como a vida familiar, o amor pelas crianças, a fé em Deus, o respeito pelos ciclos da natureza, o prazer da música e da dança. Creio que temos muito o que aprender com este povo.

Combater o preconceito existente é tarefa individual, que passa por uma profunda revisão de valores. Abranger o sentimento de amor por diferentes tipos de pessoas requer transmutação, também, de crenças difundidas erroneamente pelo tempo, com o único propósito de causar a divisão entre as pessoas. Respeitar o próximo é o aprendizado condicionante na vida se quisermos respeito. Vamos começar respeitando a si mesmos. Essa é uma forma de autodescoberta de valores para depois compartilha-los e unir ainda mais o planeta.

OPTCHÁ!!!


Nenhum comentário:

Postar um comentário