sábado, 7 de fevereiro de 2015

Chaves para nossas portas!

Já observou que em alguns momentos somos forçados a pensar que só existe dois caminhos? Pensamentos do tipo: ou isso ou aquilo se cristalizam de tal forma a ser impossível visualizar uma terceira opção, ou mesmo um equilíbrio entre eles. Isso pode levar a um distanciamento da essência interior e emergir sensações de descrença, impotência, tensão no plexo solar ou abafamento no peito.

Nesses momentos, é importante fortalecer a conexão da consciência a níveis mais intuitivos e elevados. Resgatar o sentimento original de pureza, espontaneidade e graça que nos liga ao cordão da vida reduz a ansiedade ocasionada pelo momento. Buscar zonas de equilíbrio interior também favorece a ordenação dos pensamentos e atitudes de acordo com a identidade da alma.

A vida nos desafia a sermos livres nas nossas escolhas atribuindo responsabilidades à elas. Coragem, ânimo e fé na jornada de cada ser irá se manifestar à medida em que ele confiar no seu propósito individual e coletivo de estar vivo. Portanto, nos casos de dúvidas sobre qual direção tomar o mais indicado é parar, olhar, sentir e ser feliz!


Nenhum comentário:

Postar um comentário