quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

A Cura pelas Mulheres

Ao longo da minha jornada como terapeuta e focalizadora de grupos femininos percebi que mulheres curam mulheres. Por isso, se faz tão necessário os encontros femininos. É preciso espaço, tempo, carinho, confiança, liberdade para que cada uma possa se expressar sem medo e vergonha, ou qualquer sentimento que bloqueie sua manifestação.

Aquilo que não conseguimos dizer em palavras, comunicamos através das artes, dos ritos, das rezas, ou, simplesmente, em silêncio nos olhamos. Temos essa capacidade de acolhimento, onde muitas vezes escutar o que uma tem a dizer já acalenta o coração, e a dor vai embora.

O gesto, o afeto através de um abraço ou sorriso também é fácil entre as mulheres, que são mais acostumadas ao toque. Podemos até ser polêmicas e complicadas, mas nossa linha de contorno é bem comprida, o que nos faz mais compreensivas e atentas aos detalhes.

O universo feminino é muito rico e a correria do dia a dia não suporta tanta fartura! Situação que reforça a nossa necessidade de estarmos juntas e pertencer, de nos apoiarmos para nos reconhecermos umas nas outras. E, assim, despertarmos a autocura!


Nenhum comentário:

Postar um comentário