domingo, 19 de janeiro de 2014

2014, que as bençãos sejam recebidas, agradecidas e distribuídas!




Quando recebemos uma graça nos sentimos com vontade de retribuir, pois nos sentimos tomados por uma felicidade tão grande que precisa ser compartilhada. A graça, ou o presente, nos coloca em “estado de graça”; o riso flui naturalmente e a leveza toma o corpo e a mente transbordando o peito em alegria.


Essa energia maravilhosa transforma o que há de negativo em positivo nos fazendo perceber o lado bom e belo das coisas, onde até o obstáculo mais difícil se torna um desafio entusiasmante. Vibrar com os resultados obtidos na vida é valorizar a “transpiração” empregada na conquista de todos e tudo que fizeram parte.

Desenvolver a gratidão é necessário para que a abundância faça parte da vida. Quando a energia recebida é devolvida e colocada novamente no ciclo de trocas da natureza a lei da abundância se manifesta surpreendendo novamente com mais um “presente”.

Benefícios adjacentes são adquiridos com o exercício da gratidão. Para isso, será importante treinar a visão e passar a reconhecer qualquer evento como algo divino. A humildade é a lente certa para ajustar a visão, consequentemente, o senso de responsabilidade aumentará e assim as atitudes serão mais refinadas.

Estar à disposição da natureza e aceitar a sua fluência permite participar do seu sistema de trocas onde a oferta de recursos é infinita. Tudo depende da capacidade de perceber e manifestar a criação divina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário